Google+ Followers

18 de out de 2013

Fonemas Sonoros e Fonemas Surdos

Aos queridos professores,
 
Verifica-se que é muito comum entre as crianças que se encontram na educação básica, a troca de fonemas sonoros por fonemas surdos tanto na fala, como na escrita.
 
Os fonemas sonoros, são aqueles vozeados, produzidos com o som da voz. Estes fonemas, quando produzidos puros, ou seja, sem estarem acompanhados por vogal (pois todas as vogais são sonoras), parecem com o som de um "motor".
Já os fonemas surdos, são desvozeados, ou seja, só tem som de vento passando pela boca.
São facilmente confundidos devido a igualdade de ponto articulatório (posicionamento dos lábios, língua e palato) que apresentam, formando os chamados pares mínimos:
/b/ e /p/ (Exemplo de troca: "pompeiro" em vez de bombeiro)
/d/ e /t/ (Exemplo de troca:  "tentatura" em vez de dentadura)
/g/ e /k/ (Exemplo de troca: "caqueira" em vez de gagueira)
/v/ e /f/ (Exemplo de troca: "fai e fem" em vez de vai e vem)
/z/ e /s/ (Exemplo de troca: "assulssinho" em vez de azulzinho)
/j/ e /x/ (Exemplo de troca: "Chunior" em vez de Junior)
 
Estas dificuldades são combatidas com o uso de atividades que favoreçam o desenvolvimento da percepção auditiva e da consciência fonológica.
Para maiores informações sobre consciência fonológica indicamos que acesse o site http://www.cead.ufop.br/PNAIC/5%20PNAIC%20CEAD%20UFOP%20Consciencia%20Fonologica.pdf

É importante ressaltar que a consciência fonológica é muito importante para prevenir e tratar alterações de fala e de leitura-escrita, bem como trás muitos benefícios no processo de alfabetização e letramento. Portanto deve ser muito bem trabalhada no dia a dia da sala de aula, principalmente nos primeiros anos da educação básica.

Um abraço,
 
Emanuelle Rodrigues
Fonoaudióloga da USE04

Nenhum comentário: